Blá, blá, blá, eu te amo!

sábado, 28 de agosto de 2010

Tomando a decisão e realmente querendo, os próprios pés o conduzem para a realização.

Desde o meu último post, minha vida deu uma grande reviravolta. Eu passei no vestibular para Biomedicina na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). E depois disso, eu comecei a pensar no que eu já quis ser antes de estar ali. Na verdade, eu já quis ser tanta coisa que eu nem lembraria de todas agora. Desde muito nova eu sonhava em ser artista plástica, mas meus pais me desmotivaram! Haha Falaram que eu ia morrer de fome... (vê se pode falar isso para uma criança?) Haha Aconteceu o mesmo quando falei que seria desenhista... depois eu me fascinei pela ufologia, e queria ser ufóloga, isso com uns 9, 10 anos. Depois de muitas profissões de futuro incerto, nunca mais pensei sobre o assunto. Até o fatídico 3º ano do Ensino Médio, o famoso "ou vai ou racha", eu queria ir... mas não deu! Haha Já estava praticamente certo que eu iria fazer Nutrição, mas comecei a pesquisar sobre o assunto e não achei que as condições fossem muito favoráveis. Cogitei mudar de área, visei a Comunicação Social – Jornalismo como um acolhimento às minhas características, eu gosto muito de ler, além de gostar das matérias específicas que caem nesse tipo de vestibular (Português, Literatura e História). Mas nesse mesmo momento, eu já estava apaixonada pela Biologia. Não conseguia pensar em fazer algo que não a envolvesse. Depois de muita pesquisa, conversa com professores e gente que entende do assunto, escolhi a Biomedicina como o curso que eu prestaria. Daí pra frente foi só alegria e muito estudo. A verdade é que quando você traça seus objetivos, e foca neles a maior parte da sua atenção, tudo tende a ser mais fácil e proveitoso. Foi assim pra mim, decidir o que eu queria fazer, me deu aquele "gás" que todo vestibulando precisa para se dedicar. Agora que eu passei no vestibular e estou na faculdade, tudo parece tão irreal. Acho que a ficha não caiu ainda. O que posso dizer dessas duas semanas de aula? Eu tenho que acordar muito cedo todo dia - eu não acordo com as galinhas, eu vou lá e as acordo - Eu estudo em um lugar lindo (Urca), as pessoas são legais – pelo menos a maioria delas – e o curso é muito interessante, assim como exigente. – Mas no final das contas, tudo vale a pena.

6 comentários:

  1. Eu espero que, como está sendo para mim, esses tempos de faculdade sejam um dos melhores da sua vida. Que você possa aproveitar tanto profissionalmente como pessoalmente de todas as experiências que você tiver por aí. E esse papo de acordar cedo é bizarro, mas entenda que não é só você que passa por isso. Você acorda as galinhas e eu te acordo! (y)
    Hahaha'
    Beijos, caloura.

    ResponderExcluir
  2. Sei da sua disposição, para realizar seus objetivos.Que você possa tirar o melhor proveito disso tudo...principalmente quando a ficha cair...rsrsrs. Amo você para sempre!

    ResponderExcluir
  3. Acredite: cada esforço vale a pena qnd se tem algo em mente.

    Que as suas metas sejam sempre alcançadas com muito sucesso!

    estou seguindo seu blog,ok?


    venha para nossa comunidade no orkut,pf?

    http://www.orkut.com.brMain#Community?cmm=96229629

    Forte abraço. Carlo Lagos.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Ellen, belo texto, sucesso para ti nessa nosa fase

    Beijos Pedro Brito !!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela conquista! É muito bom cumprir uma etapa e começar outra.

    Haha, meus pais "surtaram" quando, aos 14 anos, eu anunciei que queria estudar Música. Acabou que segui por outros caminhos. Hoje, olhando para trás, percebo que, se eu tivesse estudado Música, hoje em dia não estaria fazendo nada muito diferente do que faço: pesquisa e docência. Só que em Musicologia em vez de Teoria Política. ;-)

    Beijos e parabéns pelo blog!
    Claudio

    ResponderExcluir

 

contador de visitas
contador de visitas